Arquivo da tag: bansky

Graffites criados por Bansky, um dos artistas mais polêmicos dos últimos tempos, estão sendo removidas da Palestina. Os muros estão sendo retirados e negociados por “traficantes” de arte. Alguns dos muros foram resgatados e estão sendo enviados e mantidos por galerias em Londres.

Um vídeo recente, demonstrando todo o processo de extração de suas obras, foi publicado no YouTube em agosto. As imagens mostram muros inteiros sendo retirados e enviados de navio para Keszler Gallery em Londres. As peças irão compor uma mostra.

Recentemente, o debate sobre a extração chamou atenção dos internautas e virou um debate dentro da página de uma webzine londrina chamada Arrested Motion, no Facebook. As críticas apontam que é um erro as galerias adquirirem tais “peças” sem a autorização do artista. Até agora não se sabe se Bansky aprovou ou não a iniciativa.

A comunidade da Arrested Motion condenou a iniciatva das galerias e foi um pouco mais além. Enviaram escavadeiras como forma de protesto para destruir os muros adquiridos pelas galerias, criados pelo grafiteiro em 2007, durante o popular evento “Santa’s Ghetto”.

Diversas críticas ainda continuaram a circular sobre o valor das obras, seus objetivos, origens e o que o artista realmente se propôs a dizer. Comentários no Facebook insinuavam que seu trabalho nunca deveria sair de onde estava, pois é na Palestina que elas tinham significado simbólico, crítico e que foi um crime contra o povo palestino, perder uma obra de seu povo, retirado de seu país sem autorização. Ainda há comentários que sugerem que tudo ajuda apenas o “artista” a obter mais publicidade gratuita.

Em 2008, uma de suas obras foi a leilão em NY, e chegou a arrecadar $1.9 milhão. O dinheiro foi revertido para caridade.

Assista o vídeo mostrando a remoção de duas obras:

E você, o que acha? Será que elas estão sendo roubadas ou possivelmente mantidas como patrimônio cultural da história da arte?

Fonte: Artnet

As obras de Bansky estão sendo roubadas?

Etiquetado ,
%d blogueiros gostam disto: